Nosso Filme
Muito cinema e um pouco de outras coisas

Tranformers: A Vingança dos Derrotados


Primeira coisa a ser dita, o filme é ruim, bem ruim, pior do que eu pensei que ia ser; segundo, dá pra divertir, sempre dá. É um blockbuster, tem explosões, tem efeitos especiais excelentes e tem a bela Megan Fox.

TRANSFORMERS: A VINGANÇA DOS DERROTADOS

(Transformers: Revenge of the Fallen, 2009)

show.plEUA

652147 min.

ingles2-avatar1Inglês

cadeira_diretorDireção de Michael Bay

canetaRoteiro de Ehren Kruger, Roberto Orci e Alex Kurtzman

transformers2_30Após uma primeira cena de ação em Xangai a trama realmente começa, uma situação familiar, Sam está se despedindo dos familiares para ir a faculdade, ele quer ter uma vida normal. O pai está tentando parecer forte, a mãe está emocionada. Tem a namorada, vai ter que ser uma relação à distância, enfim temos uma amostra de que a trama vai ser rasa e vai cair em lugares comuns. Na tal faculdade acontece algumas das situações que já vimos alguns milhões de vezes, mas são engraçadinhas, dependendo do seu humor você vai dar umas gargalhadas aqui e algumas outras até o fim – que não chegará tão cedo – da projeção.

Não vai demorar muito e a ação vai recomeçar. Como o transformers2_33roteiro é razíssimo tanto faz se você assistiu ou não o longa que antecedeu esse. Por sinal o título (besta, diga-se de passagem, de quem mais seria a vingança além dos derrotados) já revela bastante coisa; os derrotados do filme anterior (o mal, obviamente) vai querer se vingar. Só que dessa vez eles contam com a força de um brinquedão escondido a milhões de anos no interior de uma das pirâmides do Egito, a estória é basicamente essa, pra um blockbuster de ação até que é suficiente, mas tem um problema, a duração! Totalmente exagera, inconveniente, desnecessária.

Ver aquele monte de metal computadorizado – muito bem feito por sinal – se destruindo é divertidaço, mas cansa, e cansa rápido. É o tipo de filme que devia ter 90 minutos, mas não, Michael Bay nos “presenteia” com 148 minutos, e não pense que o filme exagera nos diálogos, esse é o erro cometido por muitos, mas não aqui, dessas quase 2 horas e meia a grande maioria está ocupada com a parte interessante da coisa, mas isso não é suficiente pra justifica-las.

Vamos elogiar um pouco. Como já disse é muito bem feito, os robôs estão perfeitos, o som está ótimo, e todo lado técnico impressiona positivamente. Mas sem querer ser chato não fazem mais que a obrigação com o orçamento que tiveram. Ah, a Megan Fox é linda e está incrivelmente gostosa. Algo positivo pro público masculino. Mas nem a personagem dela foi muito bem construído, hora se mostra vulgar, hora doce. Falando nisso a construção dos personagens foi bem ruim. Shia LaBeouf não passa carisma e os coadjuvantes não convencem.transformers-2-08

O fim dessas duas horas e meias se permite depois de tudo isso a cair em mais alguns clichês bem chatinhos e nos apresentar um melodrama bem desnecessário, que passa muito longe de emocionar ou te enganar. O suficiente pra me fazer sentir alívio ao acender das luzes do cinema.

Nota: 5,0

Veja mais sobre A Proposta no IMDb

Debata sobre A Proposta no Orkut

Anúncios

Nenhuma resposta to “Tranformers: A Vingança dos Derrotados”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: